Resíduos de tomate e pimenta impulsionam produção de biogás

Uma equipe de cientistas da Universidade Politécnica de Valência tem estudado e analisado o uso de Resíduos agrícolas ou subprodutos para saber como eles se comportam para produzir biogás.

Os resultados a que concluíram é que a pimenta é capaz de aumentar a produção de biogás em 44%, o que digestores que só usava chorume de porcos.

O tomate aumentou a produção de gás metano 41%, pêssego apenas 28% e caqui não mostraram diferenças.

Com esses dados, escalas e percentuais podem ser estabelecidos para combinar as diferentes matérias-primas para melhor aproveitamento da produção de metano com a tecnologia já instalada.

Com essas informações, usinas industriais de biogás e até fazendas particulares com biodigestores Eles serão capazes de aumentar sua produção sem esforço apenas usando as matérias-primas corretas.

Não é aleatório usar purinas como matéria-prima para geração de energia já que esses resíduos orgânicos têm pouca utilidade como composto, então há um excesso desse elemento nesta área. A ideia é dar um tratamento adequado e ambientalmente sustentável a esses resíduos.

Por isso, a prefeitura municipal e outras organizações locais buscam aplicações práticas para aproveitar esse elemento, que tem baixa capacidade de produzir energia apenas na forma de biogás, por isso não é rentável.

Mas se a lama for combinada com resíduos agrícolas que aumentam a produção de biogás, será muito mais eficiente e lucrativo.

Alguns testes em escala real ainda precisam ser realizados para se ter dados mais precisos sobre o comportamento dos resíduos, mas essa pesquisa pode ser muito útil para melhorar a produção de biogás.

Seria um grande avanço poder encontrar a fórmula perfeita entre os elementos naturais que garantem uma geração rentável e eficiente de biogás em escala local e industrial.

FONTE: Energias renováveis


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Um comentário deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   angie dito

    Boa noite! onde posso encontrar mais dados ou um documento que mostre este tipo de pesquisa. Obrigada