Turbina eólica caseira

Turbina eólica caseira

É possível que alguma vez tenha pretendido instalar energias renováveis ​​na sua casa e não tenha decidido devido ao preço e ao custo do investimento. A insegurança de investir em algo que você não sabe se vai lhe trazer benefícios é algo difícil de enfrentar. No entanto, aqui apresentamos hoje uma solução para os seus problemas. Se você não pode investir, por que não fazer você mesmo a energia renovável? Neste artigo vamos ensiná-lo a ter energia eólica em sua casa. Para fazer isso, vamos ver como construir um passo a passo turbina eólica caseira.

Você quer aprender tudo sobre isso? Leia mais para descobrir.

Construir uma turbina eólica caseira

número de hélices da turbina eólica doméstica

Para quem não sabe bem o que é uma turbina eólica, é um gerador de eletricidade que funciona com a força do vento. É um dispositivo que possui pás como as de um ventilador que se movem com a velocidade com que o vento sopra e é capaz de transformar isso energia cinética em energia elétrica para atender a nossa demanda.

Como você pode ver, não é uma energia que polui, por isso entra no mundo das energias renováveis ​​e do desenvolvimento sustentável. Com isso, podemos contribuir com nosso grão de areia no mundo das renováveis ​​sem a necessidade de custos de investimento e da insegurança inicial que invade todos que buscam estabelecer energias renováveis ​​em suas casas.

Por tudo isso, iremos passo a passo explicando o que é preciso para construí-lo.

Materiais necessários

tipos de materiais para a construção de turbinas eólicas caseiras

Para a construção da nossa turbina eólica caseira precisaremos das ferramentas típicas que encontramos numa oficina. Além disso, precisaremos de um soldador de arco, que usaremos para fazer os suportes e a torre da âncora e uma dremel, que é usado para cortar com mais precisão as hélices da turbina eólica caseira.

Uma das peças-chave que devemos usar é o alternador. Um alternador de carro é perfeito para construir nossa turbina eólica caseira. Os materiais mais importantes são estes três: as hélices, o alternador e, claro, o vento. Sem a força do vento não teremos nenhum tipo de energia elétrica.

O mais recomendado é um alternador de caminhão ou similar. Em outras palavras, o que mais importa é o tamanho. Quanto maior o alternador, melhor. Como cada alternador possui uma curva característica, podemos saber a amperagem que possui. Assim procuraremos aquele alternador mais lento e faremos uma multiplicação graças a uma polia grande que colocaremos no moinho e a uma pequena que colocaremos no alternador. Desta forma, vamos garantir que o vento não sopre com muita força para começar a gerar eletricidade.

alternador de carro para turbina eólica doméstica

É preciso conhecer bem o consumo que se terá em casa e buscar gerar algo mais pelo chamado consumo fantasma. Trata-se do Stand by de muitos dispositivos que possuem LED, como televisores.

Suponha que montemos nossa turbina eólica caseira em um dia com pouco vento. Temos que ver quanta energia a turbina eólica vai nos fornecer com um regime eólico menor para garantir o abastecimento. Não podemos esperar pelo nosso consumo de energia nos dias em que está muito vento, porque não saberemos exatamente quando eles serão.

Montagem das hélices

Montagem das hélices

Vamos descrever como montar o segundo elemento importante de nossa turbina eólica caseira, as hélices. Existem vários tipos de turbinas eólicas com diferentes tipos de hélices. Existem aqueles que trabalham com dois, três e até quatro ou mais hélices. Isso depende inteiramente da velocidade do vento na área onde vivemos. O alternador usado também determinará o número de hélices.

Se usarmos hélices com bom perfil aerodinâmico, podemos ter um bom desempenho em altas velocidades, mas teremos muito pouco torque de partida. Isso significa que não poderemos aproveitar a eletricidade que os ventos mais fracos nos fornecem. O que temos que levar em consideração é que, se o regime de vento em sua área for menor, mais hélices serão necessárias para compensar.

Para fazer as hélices, vamos aproveitar as vantagens dos tubos de PVC usados ​​na canalização. Eles são razoavelmente baratos, abundantes e as peças de reposição podem ser feitas a qualquer momento. Uma vantagem importante desses tubos é que eles já são curvos, então não será necessário complicar para poder fazer as hélices. Ao cortar, é melhor usar as lâminas de corte Dremel e PVC para mais precisão ao fazer cortes.

Agora precisaremos escolher os materiais para a placa da hélice. O melhor para começar é uma placa redonda de madeira onde aparafusaremos as hélices. Desta forma, podemos modificar o projeto da turbina eólica a qualquer momento, sendo capaz de remover e encaixar as hélices necessárias. Assim que tiver certeza do projeto que deseja obter, você pode comprá-lo em alumínio CNC para conectar a correia de transmissão.

Comissionamento da turbina eólica caseira

importância das turbinas eólicas

Um carregador de bateria barato pode ser usado para fazer as conexões elétricas. É importante comprar baterias boas que nos ajudem a armazenar o máximo de energia possível.

O que nos resta é construir a torre onde será instalada a turbina eólica. Para isso, utilizamos postes de aço galvanizado que são utilizados para a instalação de antenas. Você pode usar alguns cabos para amarrá-lo de modo que não se mova quando houver vento extremo. Os cabos usados ​​na instalação podem ser colocados dentro do tubo para que não sofram erosão ou possam ser danificados pelas intempéries.

A montagem desta torre deve ser feita em base pivotante. Ao colocar um leme na cauda, ​​ele pode ser orientado na direção do vento sem problemas e será possível ter mais energia com o mesmo vento.

Espero que com essas dicas você possa construir sua própria turbina eólica caseira. Entrar no mundo das energias renováveis ​​é sempre uma boa opção. Além de ser uma energia econômica, você estará contribuindo para a redução da poluição e do esgotamento dos recursos naturais.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.