Tipos de usinas hidrelétricas

tipos de hidrelétricas

As hidrelétricas são limitadas pelas particularidades e características de suas regiões. Ao iniciar este tipo de instalação, deve-se levar em consideração que a topografia do terreno determina a escolha de obras civis e maquinários. Existem diferentes tipos de hidrelétricas dependendo do local e da forma de produção de energia hidráulica.

Neste artigo, vamos contar tudo o que você precisa saber sobre os diferentes tipos de usinas hidrelétricas e suas características.

Central hidroeléctrica

operação de energia hidráulica

Quando iniciamos uma hidrelétrica, queremos poder gerar energia a partir da água armazenada no reservatório. A primeira coisa a fazer é gerar energia mecânica e convertê-la em energia elétrica.

O objetivo do sistema de captação é criar uma inclinação que gera energia potencial armazenada. A água escorre para ganhar energia através de diferenças gravitacionais. À medida que a água passa pela turbina, ela cria um movimento rotacional que aciona o alternador, convertendo energia mecânica em eletricidade.

O caráter de uma usina hidrelétrica passa pelos componentes que a compõem. Começando pela barragem, este é o elemento mais importante, pois é o responsável por manter a água no reservatório. Neste tanque há um transbordamento permite filtrar o excesso de água sem passar pela turbina.

Um elemento muito importante em uma usina hidrelétrica é o destruidor de energia, que evita que massas excessivas de água causem grandes danos ao solo. A água utilizada sempre passa pela cabine. Além da área de controle, há turbinas e alternadores. As turbinas convertem energia mecânica em energia cinética. Ao mesmo tempo, um alternador converte essa energia cinética em eletricidade.

Por fim, os canos são os canos que direcionam a água para onde ela deve ir. Por sua vez, as válvulas são os canais que controlam a passagem da água por essas tubulações, evitando que a água transborde.

Tipos de usinas hidrelétricas

tipos de usinas hidrelétricas

No âmbito deste segmento, existem diversos tipos de usinas hidrelétricas, que vão depender da potência que possuem e da quantidade de energia elétrica que podem acumular. Portanto, os tipos de usinas hidrelétricas podem ser:

  • Usinas hidrelétricas de alta potência: são usinas hidrelétricas com potência superior a 10MW
  • Mini Centrais Hidrelétricas – São usinas hidrelétricas com potência entre 1MW e 10MW
  • Microcentrais Hidrelétricas – São usinas hidrelétricas com potência inferior a 1MW

Outra variável que determina o tipo de hidrelétricas é o terreno em que estão localizadas. Encontramos o seguinte:

  • Usinas hidrelétricas de fluxo contínuo: Essas usinas hidrelétricas não possuem áreas de armazenamento de água, por isso requerem uma vazão fluvial alta o suficiente para gerar energia. Sua desvantagem é que não produz energia durante as secas.
  • Usina Hidrelétrica do Reservatório: neste caso, uma barragem é um local de armazenamento artificial onde uma grande quantidade de água sobe acima das turbinas. Com essas quantidades, você pode controlar a quantidade de água que passa por elas e a energia produzida.
  • Usina hidrelétrica no sopé de uma barragem: neste caso, um trecho de um rio ou lago é retirado e uma barragem é construída, colocando as turbinas atrás dela.

Operação dos tipos de usinas hidrelétricas

energia hidraulica

Vamos ver um a um o funcionamento dos tipos de usinas hidrelétricas:

  • Usinas hidrelétricas de fluxo contínuo: Trata-se de um uso em que parte da água do rio é desviada através de uma tomada e conduzida por um canal ou tubulação até uma usina onde as turbinas são fabricadas. Uma vez obtida a energia, a água desviada é devolvida ao leito do rio.
  • Central ao pé da barragem: Além da água da chuva e do degelo, também é possível construir reservatórios no leito do rio para armazenar suas contribuições. A principal característica é a capacidade de regular a saída de água e acionar a turbina quando necessário.

Existe um tipo de usina hidrelétrica de canal de irrigação. Dois tipos de plantas são distinguidos neste grupo:

  • Aqueles que aproveitam o desnível existente no próprio canal, instalação de condutos forçados, paralelos à estrada do canal, para levar a água até a usina e depois devolvê-la ao curso normal do canal.
  • Aqueles que aproveitam o desnível entre o canal e o leito do rio próximo. A usina é instalada próxima a um rio e o excesso de água é tratado com turbinas no canal.

Vantagens da energia hidrelétrica

Como você pode perceber, isso traz grandes benefícios para a população e não apenas no nível energético. Vamos agrupar essas vantagens para analisá-las uma por uma:

  • É uma energia renovável. Ou seja, não se esgota com o tempo, como os combustíveis fósseis podem. A água em si não é ilimitada, mas é verdade que a natureza constantemente nos fornece chuva. Desta forma podemos recuperar e continuar a usá-lo como fonte de energia.
  • Ser completamente natural e renovável não polui. É uma energia limpa.
  • Como já dissemos, não só nos beneficia no aporte energético, mas também se alia a outras ações como proteção contra enchentes, irrigação, abastecimento de água, geração de estradas, turismo ou paisagismo.
  • Ao contrário da crença popular, os custos de operação e manutenção são baixos. Uma vez que a barragem e todo o sistema de captação tenham sido construídos, a manutenção não é nada complexa.
  • Ao contrário de outros tipos de exploração de energia, as obras que são realizadas para aproveitar esse tipo de energia têm longa vida útil.
  • A turbina é usada para gerar energia. Uma turbina é bastante simples de usar, muito segura e eficiente. Isso significa que os custos de produção são menores e que pode ser iniciado e interrompido rapidamente.
  • Dificilmente requer vigilância por parte dos trabalhadores, pois é uma posição simples de realizar.

Só o fato de ser uma energia renovável, limpa e de baixo custo já a torna uma energia competitiva nos mercados.

Espero que com essas informações você possa conhecer mais sobre os tipos de hidrelétricas e suas características.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.